domingo, 24 de julho de 2011

Conversas de café #06

Não querendo falar do assunto, mas falando... Acho lamentável a morte da Amy Winehouse. Mas lamentáveis são também os comentários que tenho lido e ouvido sobre isso. O choque e a pena que sinto, sendo ela toxicodependente e uma pessoa autodestrutiva, é o mesmo que sentiria se ela não o fosse. Assim como, se a causa da morte fosse uma doença ou um acidente. É o mesmo, choque e pena, de quando vejo as fotos do atentado em Oslo. Porque acho que não é uma "coisa" da qual se deva estar à espera. Mas esta é só a minha opinião (que vale o que vale...pouco, pouquinho...vá, nada). Gostava dela, gostava da música dela e tenho pena. Muita pena. E foda-se, é mais uma (pessoa) que vai cedo. Cedo demais.

1 comentário:

Ana disse...

Infelizmente foi porque quis. Tinha tudo para mudar isso e não o fez :/
Tenho pena, sim...